Conflito

Presidente do Irão pede a Washington que dê “o primeiro passo” e levante sanções

Presidente do Irão Hassan Rouhani. EPA/PRESIDENTIAL OFFICE
Presidente do Irão Hassan Rouhani. EPA/PRESIDENTIAL OFFICE

As sanções foram restabelecidas por Washington após a sua decisão, em 2018, de se retirar unilateralmente do acordo nuclear iraniano de 2015.

O Presidente iraniano, Hassan Rohani, pediu hoje que seja Washington a dar “o primeiro passo”, levantando todas as sanções contra o país, um dia depois do homólogo norte-americano, Donald Trump, ter admitido reunir com Teerão.

“O primeiro passo é eliminar as sanções. Deve remover todas as sanções ilegais, injustas e falsas contra a nação iraniana”, declarou Rohani, num discurso transmitido na televisão estatal.

As sanções foram restabelecidas por Washington após a sua decisão, em 2018, de se retirar unilateralmente do acordo nuclear iraniano de 2015.

Na segunda-feira, Donald Trump disse estar aberto a reunir com o Irão, “quando houver condições, para resolver o problema nuclear, mas ameaçou com “força muito violenta” se Teerão não aceitar ser um “bom jogador”.

No final da cimeira G7, na cidade francesa de Biarritz, Donald Trump disse que o Irão não soube aproveitar o acordo nuclear e aproveitou-se dos milhares de milhões de dólares que foram oferecidos, sem dar a recompensa de abandonar o seu plano nuclear.

O Presidente norte-americano disse que está aberto a negociar com Teerão e elogiou o esforço feito pela França para mediar as negociações, durante uma conferência de Imprensa conjunta com o Presidente francês, Emmanuel Macron, no final da cimeira do G7.

“O Presidente Macron fez o que achava correto. Talvez funcione. Talvez não funcione. Não sei”, disse Donald Trump, referindo-se ao facto de Macron ter convidado o ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano para comparecer em Biarritz.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
lagarde centeno coronavirus

BCE. Portugal está amarrado aos bancos outra vez e isso é mau

Fotografia: Mário Cruz/EPA

Presidente da República acompanha preocupação sobre retoma de rotas da TAP

avião da TAP

PS desafia TAP a corrigir plano de rotas áreas que “lesa interesse nacional”

Presidente do Irão pede a Washington que dê “o primeiro passo” e levante sanções