Millennium Horizontes

Primavera investe 20% da faturação em I&D

(Pedro Granadeiro/Global Imagens)
(Pedro Granadeiro/Global Imagens)

A Primavera, fundada em 1993, foi a vencedora na categoria PME Internacionalização. Dedica-se à conceção, desenvolvimento e comercialização de soluções de software de gestão e plataformas para integração de processos empresariais. Está orientada para empresas de todas as dimensões e setores de atividade. Em 2016, 30% do volume de negócios resultaram das vendas externas do seu sistema central de gestão empresarial (ERP). Espanha, Angola, Moçambique, Cabo Verde e Guiné-Bissau são os principais mercados externos, nos quais a empresa de Braga tem presença direta através de escritórios próprios.

Em 2017, reforçou a estratégia de internacionalização para novos mercados (América Latina e Reino Unido), após a criação de um spin-off de conceção e comercialização de uma solução cloud de gestão da manutenção. Além da sede em Portugal e da filial em Lisboa, possui mais quatro sucursais.

Desde 2006, com a abertura das delegações em Luanda e Madrid, que a presença internacional tem sido o grande foco e o principal vetor da estratégia da organização. “Fator diferenciador é o elevado investimento em I&D”, que por ano ronda os 20% do volume de negócios, destaca Jorge Batista, CO-CEO da Primavera BSS.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação do Orçamento do Estado para 2019. 16 de outubro de 2018. REUTERS/Rafael Marchante

Bruxelas envia carta a Centeno a pedir o triplo do esforço orçamental

lisboa-pixabay-335208_960_720-754456de1d29a84aecbd094317d7633af4e579d5

Estrangeiros compraram mais de mil imóveis por mais de meio milhão de euros

João Galamba (secretário de estado da energia) , João Pedro Matos Fernandes (Ministro para transição energética) e António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Mexia diz que EDP volta a pagar a CESE se governo “cumprir a sua palavra”

Outros conteúdos GMG
Primavera investe 20% da faturação em I&D