indústria automóvel

Produção de carros em Portugal caiu 4,1% em janeiro

Autoeuropa começou a produção em série do T-Roc em julho de 2017. É o principal motor das exportações de carros em Portugal. (Fotografia cedida pela Autoeuropa)
Autoeuropa começou a produção em série do T-Roc em julho de 2017. É o principal motor das exportações de carros em Portugal. (Fotografia cedida pela Autoeuropa)

Exportações representaram 98,1% da produção automóvel no primeiro mês do ano. Nenhum veículo foi exportado para a China, segundo a ACAP.

A produção de automóveis em Portugal caiu 4,1% em janeiro. As quatro fábricas nacionais fabricaram um total de 29 652 veículos no primeiro mês de 2020, segundo os dados divulgados esta sexta-feira pela ACAP – Associação Automóvel de Portugal. 98,1% dos veículos fabricados foram exportados.

Os ligeiros de passageiros representaram a grande maioria da produção de carros, muito por culpa da Autoeuropa. Em janeiro, foram fabricados 23 415 automóveis, menos 10,9% do que no mesmo mês de 2019.

Nos comerciais ligeiros, fabricados sobretudo pela fábrica da Peugeot-Citroën em Mangualde, a produção aumentou 39,3%, para 5848 unidades.

Autoeuropa foi a maior exportadora em 2019

Nos veículos pesados, produzidos sobretudo pela fábrica da Mitsubishi Fuso no Tramagal, registou-se uma quebra de 14,7%, para 389 unidades.

A ACAP refere ainda a montagem de 89 veículos pesados em Portugal, menos 78,5% face ao mesmo mês de 2019.

A Europa foi o principal destino dos automóveis fabricados em Portugal: França (18,5%), Alemanha (18,0%), Itália (15,3%), Espanha (10,6%) e Reino Unido (9,8%) foram os cinco principais destinos. A ACAP assinala que, em janeiro, “nenhum veículo foi exportado para a China”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Algarve, Portugal. Fotografia: D.R.

Algarve lança campanha. “Fiquem em casa para regressarem com mais saudade”

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Produção de carros em Portugal caiu 4,1% em janeiro