Youtube

Quem é o português que ganha fortunas no Youtube

wuant

Tem 22 anos e há estimativas a apontar ganhos de mais de um milhão de euros por ano.

Chama-se Paulo Borges. Mas é mais conhecido nas redes sociais por Wuant. É o youtuber português que mais fatura, segundo a Socialblade. Criou o seu primeiro canal no Youtube em 2009. Conta com mais de 2,6 milhões de seguidores nessa rede.

Leia também o artigo Esta é a mansão que três youtubers portugueses arrendaram por 78 mil euros

O intervalo dos ganhos que consegue por ano com os seus “vídeos (quase) diários do que apetecer” está entre os 69,4 mil euros e os 1,1 milhões de euros, segundo a Socialblade, que faz estas estimativas com base no número de visualizações dos canais dos youtubers.

E Wuant não se fica apenas pelo Youtube. No ano passado editou o seu primeiro livro de banda desenhada, chamada Wuant, o Início. “Desde pequenino que adoro BD, e quando surgiu a oportunidade de fazer uma só minha eu pensei: «Epá não me apetece…». É claro que não foi assim! Fiquei doido, aos saltos em casa, entretanto caí e voltei-me a levantar para festejar”, é referido por Wuant na sinopse desse livro.

Desde perguntas idiotas que não têm resposta, aos piores penteados, passando pelas respostas mais engraçadas em exames, Wuant tem conseguido cativar subscritores com o seu humor. Desde pequeno que diz que gosta de fazer rir as pessoas. Nos seus vídeos costuma referir que “estamos aqui só para nos divertir!”. Mas à diversão tem-se juntado o agradável de encaixar fortunas no Youtube.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio, fala perante a II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República. TIAGO PETINGA/LUSA

Constâncio: Risco para a estabilidade no crédito a Berardo era “problema da CGD”

Outros conteúdos GMG
Quem é o português que ganha fortunas no Youtube