lusofonia

Reservas de ouro valem mais de 15 mil milhões de euros

Luanda. Fotografia: D.R.
Luanda. Fotografia: D.R.

Três países de língua oficial portuguesa integram a lista do World Gold Council das maiores reservas de ouro em 2018, totalizando 454,2 toneladas.

Segundo os dados do World Gold Council, documento deste mês e ao qual a Lusa teve acesso, Portugal ocupa o 14.º lugar e tem 382,5 toneladas em ouro, que correspondem a 66,3% do total de reservas do país.

O Brasil, em 42.ª lugar, possui 67,3 toneladas o equivalente a 0,7% de reservas em ouro.

Na 86.º posição, Moçambique detém 4,4 toneladas de ouro que correspondem a 5,2% do total de reservas do país.

Tendo em conta a cotação média de setembro da onça troy (31,1 gramas), de 1.198,39 dólares, só as reservas destes três países totalizam 17.500 milhões de dólares (15.300 milhões de euros).

A estes dados somam-se as cerca de 19 toneladas de ouro, no valor de quase 690 milhões de euros, que, segundo o último relatório e contas do Banco Nacional de Angola, estavam, no final de 2017, à guarda do banco central angolano.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: António Pedro Santos / Lusa

BCP devolve 12,6 milhões aos trabalhadores para compensar cortes salariais

light-1208275_1280

Bruxelas diz sim: Governo pode baixar IVA da luz de 23 para 6%

A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Nazaré Costa Cabral. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA / LUSA

Conselho das Finanças elogia Centeno pelo “controlo das despesas”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Reservas de ouro valem mais de 15 mil milhões de euros