Indústria

Siemens vai contratar mais de 100 pessoas para fábrica de Corroios

Pedro Pires de Miranda, presidente executivo da Siemens.
(Pedro Granadeiro/Global Imagens)
Pedro Pires de Miranda, presidente executivo da Siemens. (Pedro Granadeiro/Global Imagens)

Multinacional alemã vai reforçar em 60% a capacidade de produção desta unidade dedicada à produção de quadros elétricos industriais.

A Siemens vai contratar 102 para a fábrica de quadros elétricos de Corroios. A multinacional alemã vai reforçar a sua equipa de trabalhadores para poder aumentar a capacidade desta unidade em 60%. O anúncio oficial será feito na quinta-feira à tarde durante uma visita do ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, a estas instalações, segundo uma nota divulgada esta quarta-feira.

A fábrica de Corroios da Siemens produz quadros elétricos modulares de média tensão e que são exportados para países como Alemanha, República Checa, Holanda, Suíça, Bulgária, Áustria, Bélgica, entre muitos outros.

A multinacional alemã empregava 2333 profissionais, de 44 nacionalidades, até ao final de 2018. No final do ano passado, anunciou a intenção de contratar mais 400 pessoas até final de 2020 para fazer face à expansão do Lisbon Tech Hub, um centro de competências internacional de TI, onde já trabalham 600 pessoas com um foco especial nas áreas da cibersegurança, inteligência artificial e robótica.

No ano fiscal de 2018, a Siemens Portugal, liderada por Pedro Pires de Miranda, registou lucros de 33,7 milhões de euros, mais 120% do que 2017.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: Leonel de Castro/Global Imagens

Famílias com 12 meses para pagarem rendas do estado de emergência

(João Silva/ Global Imagens)

Papel higiénico, conservas:em 2 semanas, portugueses gastam 585 milhões no super

coronavírus em Portugal (covid-19) corona vírus

140 mortos e 6408 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Siemens vai contratar mais de 100 pessoas para fábrica de Corroios