aviação

Tráfego da Ryanair cresceu 11% em novembro

Michael O'Leary, CEO da Ryanair. (Fotografia: Stephanie Lecoco/ EPA)
Michael O'Leary, CEO da Ryanair. (Fotografia: Stephanie Lecoco/ EPA)

A companhia aérea de baixo custo transportou um total de 10,1 milhões de passageiros.

O tráfego total da Ryanair cresceu 11% em novembro, para 10,4 milhões de passageiros, face ao período homólogo, divulgou esta terça-feira a companhia aérea irlandesa.

Em comunicado, a transportadora de baixo custo esclarece que, o número de passageiros transportados pela Ryanair aumentou 8%, para um total de 10,1 milhões, enquanto o tráfego da Laudamotion – empresa de aviação fundada pelo antigo piloto de Fórmula 1 Niki Lauda – foi de 0,3 milhões de clientes. O índice de ocupação foi de 96% e 93%, respetivamente.

Em novembro, operámos mais de 56 mil voos, mais de 88% dos quais com chegada dentro do horário”, disse ainda Kenny Jacobs, responsável de marketing da Ryanair, citado na mesma nota de imprensa.

Recorde-se que, desde o mês passado, os passageiros que viajam pela Ryanair têm de pagar pela bagagem de cabine. A companhia aérea de baixo custo passou a cobrar entre seis e oito euros.

No mesmo mês, a Ryanair e os tripulantes de cabine alemães e portugueses chegaram a acordo. O entendimento deverá permitir a implementação da legislação laboral de cada país nos contratos de trabalho.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
EDP_ENGIE2

EDP e Engie vão investir juntas até 50 mil milhões no eólico offshore

EDP_ENGIE2

EDP e Engie vão investir juntas até 50 mil milhões no eólico offshore

Da esquerda para a direita: Ricardo Mourinho Félix, secretário de Estado das Finanças, Angel Gurría, secretário-geral da OCDE, e Pedro Siza Vieira, ministro da Economia. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens

OCDE. Dinamismo das exportações nacionais tem o pior registo da década

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Tráfego da Ryanair cresceu 11% em novembro