Opinião: Rosália Amorim

Vai viajar? Leve o jerricã!

(MIGUEL A. LOPES / LUSA)
(MIGUEL A. LOPES / LUSA)

Pode acontecer que quando for ler este artigo já a greve tenha sido desconvocada. Se assim for, deixe o seu jerricã em casa.

Quando se viaja de carro ou de jipe por terras africanas, é natural que se transportem jerricãs cheios de combustível para enfrentar as longínquas distâncias. Sem postos de abastecimento de combustível abundantes, é sabido que tem de se aviar em terra quem parte para uma picada.

Em Portugal há muito que deixou de ser necessário tamanho planeamento e investimento antecipado em combustível. Desde criança, nunca me lembro de ter visto tal coisa por cá. Agora, em pleno século XXI, parece que nos preparamos para partir para a tal picada em terras europeias. Viajar até Faro ou até ao Porto tornou-se um percurso muito distante por causa da ameaça de greve dos motoristas de matérias perigosas. Em África fazer estas distâncias é equivalente a uma viagem para simplesmente ir beber um café ou jantar com um amigo.

Pode acontecer que quando for ler este artigo já a greve tenha sido desconvocada. Se assim for, deixe o seu jerricã em casa. Se se confirmar a paralisação, é melhor levar este novo gadget de verão e preparar-se para conhecer, de fio a pavio, o mapa com os postos que vão assegurar os serviços mínimos, decretados pelo governo. Está tudo disponível em www.dinheirovivo.pt.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno ladeado pelos representantes dos dois maiores credores de Portugal: Pierre Moscovici (Comissão) e Klaus Regling (ESM). Fotografia: EPA/JULIEN WARNAND

Centeno usa verbas da almofada de segurança para pagar aos credores europeus

O bastonário da Ordem dos Notários, Jorge Batista da Silva. Fotografia: Gonçalo Villaverde/Global Imagens

Ordem dos Notários desmente declarações de Álvaro Santos Pereira

Quinta do Lago

Algarve é o melhor destino de golfe do mundo para 2020

Outros conteúdos GMG
Vai viajar? Leve o jerricã!