automóveis

Vendas de veículos de passageiros na UE abrandam para 0,8% em maio

Venda de automóveis a subir
Venda de automóveis a subir

O mercado de veículos de passageiros na UE abrandou em maio o crescimento homólogo para 0,8%, com perto de 1,4 milhões de novos veículos.

O mercado de veículos de passageiros na União Europeia abrandou em maio o crescimento homólogo para 0,8%, com perto de 1,4 milhões de novos veículos registados, informou hoje a Associação Europeia de Construtores Automóveis (ACEA).

Em comunicado, a ACEA nota que a estabilização do mercado em maio, com um total de 1,398,913 novos veículos de passageiros vendidos, se segue ao “robusto crescimento” de 9,6% verificado em abril.

No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, o mercado está a crescer 2,4% face ao período homólogo de 2017, com mais de 6,8 milhões (6,879,885) de novos carros registados.

Em Portugal, maio registou uma descida de 0,3% (num total de 23.576 novos veículos registados), mas o acumulado do ano corresponde a uma subida de 5,8% (para 108.286 viaturas).

Em maio, a ACEA reporta tendências divergentes entre os principais mercados da União Europeia, com Espanha (+7,2%) e o Reino Unido (+3,4%) a apresentarem crescimentos, enquanto a Alemanha (-5,8%) e a Itália (-2,8%) viram a procura de veículos recuar.

De janeiro a maio, a procura de novos carros na União Europeia manteve-se positiva, em larga medida suportada pela “forte ‘performance'” dos novos Estados membros, onde as vendas aumentaram 11,6%.

Em Espanha os registos de novos carros aumentaram 10,6%, em França subiram 3,5% e na Alemanha progrediram 2,6%, enquanto no Reino Unido recuaram 6,8%.

Entre os principais fabricantes automóveis, maio fechou com uma evolução mensal positiva na União Europeia para os grupos Volkswagen (+4,2% para 350 mil unidades de passageiros), PSA (+58,0% para 223 mil unidades), Renault (+6,4% para 161 mil unidades), Ford (+0,4% para 87 mil unidades), Toyota (+5,2% para 63 mil unidades), Hyundai (+3,1% para 46 mil unidades), Kia (+3,7% para 41 mil unidades), Jaguar Land Rover (+5,1% para 16 mil unidades) e Honda (+7,6% para 10 mil unidades).

A descer estiveram os grupos FCA (-0,04% para 108 mil unidades), BMW (-6,0% para 81 mil unidades), Daimler (-5,3% para 82 mil unidades), Nissan (-16,4% para 38 mil unidades) e Volvo (-1,3% para 24 mil unidades).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Felipe VI, rei de Espanha

Sem acordo para governo, Espanha pode ir de novo a eleições em novembro

Felipe VI, rei de Espanha

Sem acordo para governo, Espanha pode ir de novo a eleições em novembro

Pedro Amaral Jorge, presidente da APREN
(João Silva/Global Imagens)

APREN. Renováveis contribuem com 15 mil milhões de euros para o PIB

Outros conteúdos GMG
Vendas de veículos de passageiros na UE abrandam para 0,8% em maio