Dinheiro

Levantar dinheiro no multibanco sem cartão? Saiba como fazê-lo

Fotografia: DR
Fotografia: DR

Desde esta semana que a aplicação MB Way permite fazer levantamentos no multibanco, sem recurso a cartões bancários.

Em quase todas as carteiras dos portugueses há pelo menos um cartão bancário (seja ele de crédito ou de débito). Essencial para fazer pagamentos e levantamentos em dinheiro, os cartões bancários tornaram-se num meio de pagamento indispensável das famílias portuguesas.

No entanto, cada vez mais surgem soluções tecnológicas que estão a dispensar o uso do chamado “dinheiro de plástico”. Exemplo disso mesmo é a nova funcionalidade da aplicação MB Way, da responsabilidade da SIBS.

Desta esta semana que os utilizadores desta aplicação podem fazer levantamentos em dinheiro no multibanco sem que seja necessário o recurso a qualquer cartão bancário. Basta ter o telemóvel consigo. Confuso? O Dinheiro Vivo explica como funciona.

A aplicação gera um código de 10 dígitos que os utilizadores terão de introduzir na caixa de multibanco e é esse código que permitirá o levantamento do montante pretendido. Este código é válido durante um período de 30 minutos. Se o utilizador não fizer o levantamento dentro deste período, o código é desativado e o consumidor terá de solicitar um novo código para poder fazer o levantamento desejado.

Uma nota adicional: Para fazer este tipo de levantamentos não tem necessariamente de ter a ‘app’ instalada no seu smartphone. Segundo explica a SIBS, no site da aplicação,”se não for cliente MB Way pode receber, via sms, o código gerado na app por um utilizador MB Way”.

Esta aplicação – que já permitia fazer pagamento e transferências através do smartphone – está disponível para os aparelhos com sistemas Android; iOS e Windows.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Margrethe Vestager, comissária europeia da Concorrência deverá dar o anúncio sobre a multa dentro de horas.

Google multada em 2,424 mil milhões de euros por violar leis europeias

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, à chegada para a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, na sede do Conselho Económico e Social, em Lisboa, 22 de julho de 2016. MÁRIO CRUZ/LUSA

Reformas antecipadas para carreiras longas chegam no 4º trimestre deste ano

Mariana Mazzucato, no Fórum BCE, em Sintra. Fotografia: Banco Central Europeu

Investimento. “Estavam à procura de uma coisa e encontraram o Viagra”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Levantar dinheiro no multibanco sem cartão? Saiba como fazê-lo