finanças pessoais

Cálculo do valor da pensão está à distância de um clique

Segurança Social lançou simulador que ajuda a calcular idade da reforma e valor da pensão .

O impacto das alterações legislativas na idade de acesso à reforma, no cálculo do valor da pensão e no sistema de penalizações ou de bonificações faz que quase ninguém tenha uma ideia de quanto vai receber quando deixar de trabalhar e passar para à condição de reformado. Foi precisamente para preencher esta lacuna que a Segurança Social desenhou e disponibilizou no seu site um simulador de pensões.

As mais de 117 mil simulações que foram feitas nas primeiras 24 horas de funcionamento do simulador dão conta da sua utilidade. Ainda que os utilizadores tenham de ter em atenção que o resultado dos valores e das datas que lhes são dados não são vinculativos, mas indicativos. Ou seja, o objetivo é que a pessoa fique com uma ideia daquilo com que pode contar quando se reformar e fazer contas à vida. É, de resto, por esse motivo, que o simulador indica a quanto corresponde nos dias de hoje o valor da reforma que se receberá no futuro.

Mas como funciona o simulador e a quem se destina? Este simulador foi desenhado para quem tem carreiras contributivas construídas com base em remunerações registadas na Segurança Social e permite aos utilizadores optar por fazer uma simulação automática ou à medida.

Na automática, e com base na informação de que a Segurança Social já dispõe, o beneficiário é informado do ano em que atinge a idade legal de acesso à reforma. Esta informação é relevante porque se até 2014 a idade estava tabelada nos 65 anos, isso deixou de acontecer. E, pelas regras legais que agora vigoram, esta idade avança em função da esperança média de vida – é isso que faz que esteja atualmente nos 66 anos e quatro meses. O valor da pensão é também disponibilizado sendo possível usar o simulador para adiar ou atrasar a entrada na reforma e ficar a saber qual o impacto da bonificação ou penalização, respetivamente, no montante que se vai receber.

Na simulação à medida, o utilizador pode acrescentar anos de descontos e alterar os valores que o simulador projeta para os anos futuro (e que têm por base um aumento anual da inflação de 0,5% de igual valor das remunerações). Mas terá de ter em conta que os anos que acrescentar (porque correspondem a descontos feitos para a Caixa Geral de Aposentações ou no estrangeiro, por exemplo) irão resultar num valor de pensão que se afasta do real. Qual o motivo? As regras de cálculo das pensões de outros sistemas são diferentes dos da Segurança Social.

O simulador têm ainda em conta os períodos contributivos correspondentes a situações de desemprego ou de licenças de parentalidade.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Lisboa, 22/11/2019 - Money Conference, Governance 2020 – Transparência e Boas Práticas no Olissippo Lapa Palace Hotel.  António Horta Osório, CEO do Lloyds Bank

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Horta Osório: O malparado na banca portuguesa ainda é “muito alto”

Outros conteúdos GMG
Cálculo do valor da pensão está à distância de um clique