Harry Potter

As dicas de poupança, segundo Harry Potter

Harry Potter é um sucesso mundial
Harry Potter é um sucesso mundial

O ator Daniel Radcliffe tem uma fortuna avaliada em mais de 80 milhões de euros mas é conhecido por poupar. E há várias formas de o fazer.

Daniel Radcliffe, o ator que assume a pele de Harry Potter, tem uma fortuna estimada em 74 milhões de libras (82 milhões de euros), fruto do blockbuster cinematográfico baseado nos livros de JK Rowlings sobre o pequeno feiticeiro.

O ator britânico de 28 anos, contudo, tem sabido poupar o dinheiro e dá conselhos de poupança. “Estou muito grato com o que tenho porque ter dinheiro significa que não tenho de me preocupar com nada, o que é uma liberdade excelente”, afirmou ao Belfast Telegraph. “Também nos permite uma liberdade enorme a nível de carreira. Prefiro dar às pessoas algo interessante para ver do fazê-las ver-me ganhar muito dinheiro a fazer filmes maus para o resto da minha vida.”

Radcliffe pode ter hábitos de poupança mas a maior parte da população não consegue amealhar o suficiente para ter tranquilidade se tiver de arranjar o carro ou perder o emprego. Existem, contudo, várias técnicas que podem ser aplicadas, até para Muggles.

Esquematizar as poupanças

A regra parece básica mas nunca é suficiente lembrar: não gastar mais do que o que se tem. Se isto é um desafio, então deve considerar ter uma transferência automática para ter algum dinheiro amealhado numa poupança (depois das contas estarem pagas). Pode-se aplicar uma estratégia semelhante nos investimentos e no que vem de cada ordenado.

Melhorar o crédito

Um bom registo de crédito pode ajudar a poupar em tudo, da hipoteca aos seguros, por isso se o crédito não está na sua melhor forma é preciso trabalhar um pouco nisto. As melhorias podem ser conseguidas através do pagamento dos cartões de crédito com maior salto, resolvendo assim erros no registo de crédito e identificando áreas concretas onde é preciso melhorar.

Encontrar formas de gerar mais capital

Há quem não consiga poupar por falta de rendimento e aí há pouco a fazer. Pode-se conseguir algum dinheiro extra através da venda de coisas que já não quer online, em sites como o OLX, adotando ações como dividir carro para o trabalho para diluir custos com combustível ou trazer almoço de casa, entre outras coisas.

Olhar para o orçamento

Mesmo quando já se está a cortar em tudo há sempre formas de reduzir a despesa. Gasta muito em café? Comece a tomá-lo em casa. O orçamento com alimentação está sempre a ser ultrapassado? Passe a comprar marcas próprias. Paga demais pelos serviços de telecomunicações ou energia? Informe-se sobre como reduzir a fatura ou procure alternativas nos fornecedores.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Indústria do calçado. 
Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal regressou ao Top 20 dos maiores produtores de calçado

Sonae Industria

Ações da Sonae Indústria e da Sonae Capital disparam após OPA da Efanor

Alexandre Meireles, presidente da ANJE. Fotografia:  Igor Martins / Global Imagens

ANJE teme que 2021 traga “grande vaga” de falências e desemprego

As dicas de poupança, segundo Harry Potter