Impostos

Fisco cria linha telefónica para acompanhar reembolso do IRS

financas irs irc

O fisco lançou uma linha telefónica de atendimento automatizado que permite verificar o estado em que se encontra o reembolso do IRS. E do IVA.

Cumprida a entrega da declaração anual do IRS, a atenção dos contribuintes vira-se para o reembolso a que têm direito e para o tempo que este demora a chegar à sua conta. Este ano, com a declaração automática e a promessa de que o reembolso chega em metade do prazo médio habitual, a fasquia está ainda mais alta. O fisco está ciente desta situação e decidiu criar um atendimento automatizado de reembolsos na sua linha telefónica de apoio aos contribuintes.

Leia também o artigo IRS: Faça as contas à sobretaxa

Para conhecer o estado em que se encontra o reembolso do IRS basta, assim, ligar o 217 206 707. Uma vez marcado o número, há que escolher a opção IRS e depois seguir para ‘reembolsos’. Para usufruir deste serviço, os contribuintes devem obter previamente no Portal das Finanças um código de acesso telefónico – passo essencial para garantir que todo o processo decorre com a segurança e o sigilo necessários.

E de que forma é que este acesso telefónico se obtém? Acedendo, no Portal, à área de ‘serviços tributários’ e, dentro desta seguindo para ‘contacte-nos e-balcão’ e depois para ‘obter acesso telefónico’. Cumpridos estes passos deve escolher-se e preencher-se um código com seis dígitos e confirmá-lo de imediato.

Leia também o artigo 14 Dicas para preencher o IRS e receber o reembolso mais cedo

A informação sobre o estado do reembolso pode também ser obtida no Portal das Finanças, acedendo da forma habitual, isto é, usando a senha de acesso e entrando em ‘serviços-cosultar-informaçãofinanceira-movimentos financeiros-exercício (2016)-imposto: IRS”.

Este serviço está também disponível para quem pretenda acompanhar o estado do reembolso do IVA – uma questão relevante sobretudo para as empresas. Os passos atrás descritos são idênticos, a única diferença está, naturalmente, no nome do imposto pelo qual se deve optar.

Leia ainda o artigo Guia para não se perder nos anexos em papel ou no Portal

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Francisco Pedro Balsemão, CEO do grupo Impresa. Foto: DR

Impresa.Reestruturação já atingiu 20 trabalhadores. E chegou ao Expresso

PCP

Subsídios por duodécimos no privado também acabam em 2018

Turistas no novo terminal de cruzeiros de Lisboa, Santa Apolónia. Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens

Instituto alemão prevê boom na construção em Portugal até 2020

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
Fisco cria linha telefónica para acompanhar reembolso do IRS