Dinheiro Vivo TV

Live. Soluções para uma reforma mais folgada

A carregar player...
Live. Soluções para uma reforma mais folgada

Uma pessoa que hoje ganhe 1.500 euros por mês e pense reformar-se dentro de dez anos, altura em que o seu salário rondará os 1.800 euros, deverá ter uma reforma que não chega aos 1.300 euros.

O futuro das reformas dos portugueses não é risonho e, segundo as previsões da Proteste Investe, a quebra de rendimentos para quem se reformar nos próximos 20 anos deverá rondar os 30%.

Acima apresentamos-lhe algumas soluções de fundos Plano Poupança Reforma (PPR), consoante a sua situação atual.

Para ter uma ideia de quanto deverá receber de pensão, faça uma simulação no Portal da Segurança Social Direta, na secção do Capital Acumulado e Renda Vitalícia.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Primeiro-ministro, António Costa. Fotografia: NUNO FOX/LUSA

Costa: “Depois deste ano nada poderá ficar como antes”

Mário Centeno, ministro das Finanças, com Pierre Moscovici, comissário europeu. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Governo promete a Bruxelas ser bom aluno em 2018

António Mendonça Mendes, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais

Mínimo de existência acaba com IRS para 54 mil recibos verdes

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Live. Soluções para uma reforma mais folgada