Star Company by Dinheiro Vivo

Danone Portugal. Receita para iogurtes com dívida “zero”

(José Carmo / Global Imagens)
(José Carmo / Global Imagens)

A Danone Portugal é uma empresa sem endividamento remunerado e sem custos de financiamento.

O que têm em comum Isaac Carasso e a família Gomes Filipe? A proatividade e a história resumidas numa marca: Danone.

Isaac Carasso abriu uma pequena fábrica em Barcelona, em 1919, inspirado na investigação de um biólogo russo, que tentava encontrar uma correlação entre o consumo de iogurte e o aumento da longevidade. À data, o produto era ainda totalmente desconhecido no resto da Europa.

Danone é o diminutivo do nome do seu filho Daniel. E é precisamente Daniel que, em 1929, abre a primeira Danone francesa, o primeiro passo da expansão do iogurte. Durante a II Guerra Mundial o negócio foi transferido para os Estados Unidos, embora a expansão na Europa tenha continuado mais tarde. Até que, no final da década de 1980, o universo Carasso cruza-se com a família Gomes Filipe.

A Iophil – Produtora de Iogurtes, fundada em Castelo Branco, foi adquirida em 70% pelo grupo Danone. A marca de iogurtes é lançada no território nacional em junho de 1990. “A Danone implementa então um projeto estratégico a longo prazo, destinado à ampliação da fábrica de Castelo Branco e ao desenvolvimento dos seus recursos humanos”, conta a história da empresa.

Em 1994, a Danone Portugal, que transferiu entretanto os escritórios centrais para Lisboa, atinge pela primeira vez a liderança do mercado dos produtos lácteos frescos, liderança que ainda mantém. Em 2013, a empresa associa-se ao grupo americano Schreiber Foods, que transfere a sua operação para a fábrica de Castelo Branco.

O posicionamento da Danone no ranking do endividamento das empresas de serviços não é alheio à história de quase um século, em que cresceu, evoluiu e tornou-se uma marca mundial.

Na análise da Ignios, surge com a “cor verde” nos dez primeiros lugares de menor endividamento. É uma empresa sem endividamento remunerado e sem custos de financiamento. Já os rácios de rendibilidade económica e financeira fixam-se em 15,7% e 29,4%, respetivamente.

Na fotografia das 1000 maiores, a Danone Portugal ocupa o 204º lugar. Em 2014, o volume de negócios cresceu 7%, para 129,4 milhões de euros, e o lucro aumentou mais de 29%, para 17,5 milhões.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa-19/12/2019  - Conferencia de Antonio Mexia ,CEO da EDP. 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Chinesa CTG vende 1,8% da EDP

(A-gosto.com/Global Imagens).

PSD indisponível para viabilizar alteração à lei para aeroporto do Montijo

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Novo Banco: Estado como acionista só dilui posição do Fundo de Resolução

Danone Portugal. Receita para iogurtes com dívida “zero”