Star Company by Dinheiro Vivo

Feiriper. Do vermelho para elevada rendibilidade

A Feiriper faz a gestão de alguns supermercados Eleclerc
A Feiriper faz a gestão de alguns supermercados Eleclerc

É de Santa Maria da Feira a empresa que vence o ranking da rendibilidade de capitais próprios, depois de analisadas as 1500 PME desta listagem

Em 2015, os resultados líquidos e os capitais próprios na Feiriper, empresa que explora o Centro Comercial E.Leclerc em Santa Maria da Feira, andavam em maré negativa. No entanto, bastou um ano fiscal para, com base nos resultados de 2016, ganhar o título de vencedora neste ranking, com o prémio da mais elevada rentabilidade de capitais próprios. A empresa conseguiu passar de valores negativos, em 2015, para valores positivos de 962,4 mil euros no resultado líquido e 61,7 mil euros no capital próprio, em 2016.
Além daquela superfície comercial que explora às portas do Porto, a Feiriper faz também a gestão de outros supermercados e hipermercados sob a insígnia E Leclerc, sendo ainda responsável pela realização de todas as operações inerentes à distribuição de produtos alimentares e não alimentares. Com esta atividade, a empresa faturou, em 2016, 19,6 milhões de euros, um crescimento de apenas 1,11% em relação ao ano anterior.
No entanto, a grande reviravolta nas contas da empresa aconteceu em 2016, depois de ter transformado os resultados líquidos negativos de (-895 mil euros) em positivos, na ordem dos 962 mil euros.
Esta mudança não esteve, contudo, relacionada com a evolução das receitas, que se mantiveram estáveis, mas com o crescimento dos capitais próprios, negativos em 2015 (-2,6 milhões de euros), para 61 mil euros, em 2016. Esta variação de 1560,6% resulta no valor que lhe garantiu a primeira posição.
Na segunda posição no ranking para este critério encontra-se a consultora KPMG II, que obteve um nível de rendibilidade do capital próprio de 564,6%, à semelhança do ano anterior em que registou um valor de 477%. O resultado líquido e o capital próprio registaram acréscimos de 30,5% e 10,2%, respetivamente, em 2016 face ao seu período homólogo.
A PSL, transportadora marítima de mercadorias, ocupa o terceiro lugar com 224,1% de rendibilidade dos capitais próprios. A PSL, tal como a Feiriper, conseguiu passar de valores negativos, do resultado líquido e do capital próprio, em 2015, para valores positivos de 1,1 milhões de euros no resultado líquido e 492,9 mil euros no capital próprio, em 2016.
Apesar de ocupar o décimo terceiro lugar do ranking, a MRN, empresa de construção de estradas e pistas de aeroportos, foi a que teve valores mais elevados em 2016 no resultado líquido e no capital próprio comparativamente com as restantes empresas presentes no top 20 com, 6.9 milhões de euros e 7 milhões, respetivamente.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio, fala perante a II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República. TIAGO PETINGA/LUSA

Constâncio: Risco para a estabilidade no crédito a Berardo era “problema da CGD”

Outros conteúdos GMG
Feiriper. Do vermelho para elevada rendibilidade