Star Company by Dinheiro Vivo

Riberalves. O bacalhau como um dos grandes empregadores da Margem Sul

Na Riberalves faz-se secagem e congelamento de bacalhau. Fotografia: Paulo Spranger/Global Imagens
Na Riberalves faz-se secagem e congelamento de bacalhau. Fotografia: Paulo Spranger/Global Imagens

No ano analisado, a empresa passou a incorporar outra do grupo. É uma das maiores empregadoras da margem Sul

São 35 anos dedicados à transformação do bacalhau e com toques de inovação pelo meio que acabaram por ditar que nos últimos anos a Riberalves tenha conseguido vingar e ter uma perspetiva de futuro “muito otimista”.

Quem o diz é Ricardo Alves, administrador e filho do fundador João Alves, e que juntamente com o irmão Bernardo inspiraram o pai a batizar aquele que havia de ser o negócio da família como Riberalves (o início do nome de cada um está na marca da líder de mercado).

Ricardo conta que o grande salto da empresa se deu na última década com a aposta “pioneira no bacalhau pronto a cozinhar, que veio transformar a indústria do bacalhau”.

Neste momento, entre a fábrica de Torres Vedras e a da Moita, são 444 os funcionários, sobretudo fabris, com um salário médio de 690 euros mensais. Em 2014 aparecem como a terceira empresa que mais contratou (com um salto de 315 empregados), mas isso aconteceu devido à junção na mesma empresa, de outra entidade do grupo, a Comimba, e a respetiva transição dos contratos da outra fábrica. Uma fusão que também fez da Riberalves “um dos maiores empregadores da margem sul do Tejo”, de acordo com fonte oficial.

A empresa sustenta-se sobretudo com as vendas no mercado nacional, em que o bacalhau é rei num sem fim de pratos típicos, tanto que, nos dados disponibilizados pela empresa, estima-se que cada português coma uma média de 7 kg de bacalhau por ano. A Riberalves é líder e processa 30 mil toneladas de bacalhau por ano, entre 8% e 10% de todo o bacalhau pescado no mundo.
Apesar de o mercado português ser central no negócio, Brasil e Angola têm também mostrado grande interesse no produto. No ano passado, as exportações da empresa quase chegaram aos 60 milhões de euros, mais três milhões do que no ano anterior. Isto numa empresa que surge no lugar 206.º do ranking, trabalhado pela Ignios, das maiores 1000, com um volume de negócios na ordem dos 129 milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Riberalves. O bacalhau como um dos grandes empregadores da Margem Sul