OE2021: Afinal, que Orçamento temos? 

Volvidas quase duas semanas após a apresentação da Proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na Assembleia da República e feitas as primeiras análises sobre o alcance das medidas propostas pelo Executivo, existe a sensação, pelo menos no setor empresarial, de que as expectativas anunciadas ficam, em certa medida, um pouco aquém do esperado. De facto, quando o Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, anunciava, uns dias antes da apresentação do OE2021, que o mesmo iria conter medidas de natureza expansionista e que seria anticíclico, poder-se-ia ficar com a ideia de que iríamos ter um documento que continha várias medidas relevantes de estímulo à economia. No entanto, na perspetiva das empresas, as medidas acabaram por ser escassas.