Apps for Good

Maior competição de apps de jovens arranca em Valongo e Oeiras

Encontro Regional do Apps for Good no ano passado. Neste ano será totalmente virtual.

(Filipe Amorim / Global Imagens)
Encontro Regional do Apps for Good no ano passado. Neste ano será totalmente virtual. (Filipe Amorim / Global Imagens)

Está de volta a maior competição nacional de aplicações criada por jovens, na qual 90 equipas vão fazer o pitch, expor as suas aplicações. Com o objetivo de incentivar os jovens a usar a tecnologia para resolver problemas relacionados com a sustentabilidade do mundo, o programa educativo Apps for Good arranca em Valongo e Oeiras.

Os Encontros Regionais da 6ª Edição do Apps for Good acontecem já nesta quarta-feira e na sexta-feira, dias 1 e 3 de julho, e serão pela primeira vez totalmente online dado o contexto atual de pandemia. As equipas serão formadas por jovens entre o 5º ano e o 12º ano, que vão “participar e demonstrar o trabalho desenvolvido ao longo do ano letivo, apresentando as suas ideias (apps) que solucionam problemas reais”, explica a organização. Destas, serão escolhidas 20 finalistas que estarão presentes no Evento Final em Lisboa, a 17 de setembro na Fundação Calouste Gulbenkian.

Entre as 90 equipas de alunos e professores que vão estar em competição estão aplicações como a SandSpace, aplicação que permite indicar e saber os níveis de ocupação do areal de 685 praias marítimas e fluviais de todo o país, a IEVA, uma plataforma de ajuda para os jovens estudantes na procura do primeiro emprego, a ISPI, que pretende ajudar e incentivar a 3ª idade a utilizar as novas tecnologias, a Amigo de 4 Patas, que pretende reduzir o número de animais abandonados ao reunir as instituições nacionais, entre outras. Além das finalistas, será ainda entregue o Prémio do Público à solução que conseguir mais votos em cada um dos eventos, sendo que a votação começa hoje e decorre até ao dia do evento, recomeçando nesse dia e terminando dia 3 para o prémio do Público do Encontro Regional Sul.

“O primeiro Encontro Regional no dia 1 de julho contará como oradores, que estarão presentes em estúdio a acompanhar o evento, o presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, o vereador da Educação da Câmara Municipal de Valongo, Orlando Rodrigues, o diretor-geral da Educação, José Vítor Pedroso, e o secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo”, junta a Apps for Good. No dia 3 de julho, em Oeiras, estará o vereador da Educação, Pedro Patacho, a diretora da área da Educação da Câmara Municipal de Oeiras, Maria Paula Rodrigues, e Teresa Godinho em representação da Direção-Geral da Educação para dar seguimento ao evento.

Entre os elementos do júri que vão selecionar as equipas finalistas estarão representantes dos parceiros do Apps for Good, entre os quais a Câmara de Valongo e de Oeiras, da Direção-Geral da Educação, da PT, da Fundação Calouste Gulbenkian, da Synopsys, do BNP Paribas, da REN, da Fundação Altice, da IBM, da Galp e da Fundação Stavros Niarchos, entre outros.

Para assistir e acompanhar online os Encontros Regionais totalmente virtuais da 6ª Edição do Apps for Good em Portugal basta fazer a inscrição no Encontro Regional Norte, a 1 julho (aqui), e a inscrição no Encontro Regional Centro-Sul, a 3 julho (aqui).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
precários jovens licenciados

Jovens, precários e licenciados pagam ajustamento laboral da pandemia

Utentes à saída de um cacilheiro da Transtejo/Soflusa proveniente de Lisboa, em Cacilhas, Almada. MÁRIO CRUZ/LUSA

Salário médio nas empresas em lay-off simplificado caiu 2%

Uma funcionária transporta máscaras de proteção individual na fábrica de confeções Petratex, em Carvalhosa, Paços de Ferreira, 27 de abril de 2020. HUGO DELGADO/LUSA

Mais de 60% dos “ausentes” do trabalho são mulheres

Maior competição de apps de jovens arranca em Valongo e Oeiras